Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Passageiros da LAM ficaram retidos no Aeroporto da Beira

Cerca de 20 passageiros, incluindo crianças, ficaram retidos na passada sexta-feira, horas a fio, no Aeroporto Internacional da Beira, em virtude de as Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) terem alterado sucessivas vezes os horários de partida de voo para Joanesburgo, na África do Sul.

Segundo escreve o Diário de Moçambique inicialmente, o voo estava marcado para as 10.10 horas de ontem, mas o mesmo viria a sofrer alteração para 16 horas e mais tarde para 21.40 horas, uma situação que obrigou os passageiros a andar de um lado para outro, numa incerteza.

Um dos passageiros mergulhados naquela situação que se identificou como  Abdul Ahmed contactou telefonicamente a redação do diário editado na Beira e explicou que “estamos preocupados porque a LAM não diz com certeza a hora exacta que marca para o voo, o que nos põe em deveras embaraço”.

De acordo com as suas palavras, o mais agravante é o facto de a LAM deixar os passageiros de qualquer maneira, sem, pelo menos, dar a água. “Estamos com as crianças a passarem mal aqui no aeroporto e o atendimento deixa muito a desejar, pois os trabalhadores desta transportadora não nos estão a respeitar” – criticou, acrescentando que “gostaríamos que os serviços fossem melhorados para o bem de todos, porque esta situação que estamos a atravessar é muito grave”.

O passageiro acrescentou que a situação ficou embaraçosa, visto que as pessoas saíram das suas casas com a intenção de viajar na hora indicada, mas de repente, esta partida é alterada sucessivamente, sem no mínimo criar as condições para os passageiros, como a alimentação e a água. “Esta é uma grande preocupação, na medida em que os horários de partida não devem ser alterados sucessivas vezes, porque implica que os passageiros façam gastos fora daquilo que tinham planificado” – realçou.

O Diário de Moçambique tentou em vão abordar o chefe de escala da LAM, identificado por Tamele.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!