Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Partido no poder vence legislativas no Togo

O partido no poder no Togo, a União para a República (UNIR), venceu 62 dos 91 assentos na Assembleia Nacional, no termo do escrutínio legislativo de 25 de Julho último, segundo os resultados provisórios proclamados na noite de Domingo pela Comissão Eleitoral Nacional Independente (CENI).

O Colectivo “Salvemos o Togo” (CST), um agrupamento de partidos políticos da oposição, incluindo a Aliança Nacional para a Mudança (ANC), de Jean-Pierre Fabre, obteve 19 assentos dos quais sete dos 10 disputados em Lomé, a capital.

Seis assentos ficaram a Coligação Arco-íris, que agrupa pequenas formações políticas da oposição como o Comité de Ação para a Renovação (CAR) de Yawovi Agboyibo e a Convenção Democrática os Povos Africanos (CDPA de Léopold Messan Gnininvi.

A União das Forças de Mudança (UFC) de Gilchrist Olympio venceu três assentos contra 20 em 2007. O último assento na Assembleia foi para o candidato independente que beneficiou da opoio de Kofi Yamgnane, presidente de Sobressalto Togo.

A Convergência Patriótica Pan-africana (CPP), fundada por Edem Kodjio e ao qual pertencem o atual primeiro-ministro, Arthème Kwesi Séléagodji Ahumey-Zunu, e vários ministros do Governo, não teve nenhum assento.

Os partidos políticos da oposição denunciaram “fraude maciça” no norte do país e nalgumas regiões planálticas e contam interpor recurso junto do Tribunal Constitucional.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!