Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Partido da oposição condena desinformação

O Partido Humanitário de Moçambique (PAHUMO), apela às autoridades políticas e administrativas no sentido de intensificarem as acções de controlo a situações de desinformação à volta da cólera que assola algumas regiões do país.

 

 

Numa conferência de imprensa convocada esta quinta-feira, o secretário geral daquele partido, José Henrique Lopes, instou, igualmente, a população para se precaverem, através dos cuidados básicos de higiene individual e colectiva, da propagação da doença, considerada como uma das principais causas de internamento nas unidades sanitárias, sobretudo nos distritos de Memba, Mogincual e Eráti, onde se confirma a corrência de alguns óbitos.

Com maior influência nas províncias de Cabo Delgado e Nampula, o Partido Humanitário de Moçambique foi fundado em 5 de Junho deste ano, estando, neste momento, a aguardar pela sua legalização junto do Ministério da Justiça.

Lopes disse que, para além de acções de carácter política, o PAHUMO desenvolve actividades essencialmente sociais, porquanto identifica-se como um partido com interesses direccionados sobre direitos humanos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!