Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Parlamento líbio pilhado por manifestantes Amazigh

Manifestantes da tribo Amazigh invadiram e pilharam terça-feira a sede do Congresso Nacional Geral (CNG, Parlamento) da Líbia para protestar contra a sua alegada marginalização no projeto da nova Constituição do país, indicaram testemunhas oculares.

Os manifestantes destruíram documentos bem como mobiliário de escritório e ameaçaram os deputados e o pessoal com armas de fogo, segundo as mesmas fontes. Segundo um porta-voz, os Amazigh exigem, entre outros direitos culturais, que a futura Constituição reconheça o Amazigh como língua oficial do país, ao mesmo título que o árabe.

Desde julho passado, os deputados Amazigh anunciaram a sua retirada do CNG para protestar contra a sua marginalização antes de se coligar com outras minorias étnicas como os Tuaregues e os Toubou.

A 17 de julho, as três tribos anunciaram a sua decisão de boicotar as eleições da Comissão Constituinte para protestar contra a organização deste escrutínio pelo CNG, a mais alta autoridade política da Líbia.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!