Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Parlamento decide eleições antecipadas “mais rápido possível” na Líbia

O Congresso Nacional Geral (CNG, Parlamento) decidiu por unanimidade organizar eleições antecipadas “o mais rápido possível”, anunciou domingo à noite o seu porta-voz oficial, Omar Hameidane.

Os membros do Congresso Nacional Geral conseguiram encontrar um consenso depois das manifestações populares contra o prolongamento do mandato do Congresso que expirou a 7 de fevereiro corrente em conformidade com a Declaração Constitucional, explicou Hameidane durante um briefing com a imprensa.

“O Congresso Nacional Geral que acompanhou de perto as manifestações das populações que exprimiam o seu ponto de vista de maneira pacífica e civilizada, anunciou ter chegado a um consenso sobre a organização das eleições o mais rápido possível, de acordo com o seu porta-voz.

Acrescentando que a mais alta instância da Líbia vai entregar novamente a lei eleitoral à Alta Comissão Eleitoral Nacional o mais tardar em finais de março próximo.

Segundo ele, vai caber então à Comissão Eleitoral organizar diretamente, o mais rápido possível, as eleições depois de ter recebido a lei. Além disso, prosseguiu, o Congresso Nacional Geral votou com a maioria esmagadora, de 150 votos, uma revisão constitucional “para garantir a representação das componentes culturais na Autoridade Constituinte”.

O porta-voz não deu contudo pormenores sobre esta revisão constitucional, principal reivindicação da componente Amazigh para participar nas eleições da Comissão Constituinte encarregue de redigir a Constituição, prevista para 20 de fevereiro corrente.

Tribo muito hostil à arabização da Líbia, os Amazigh foram sempre marginalizados por sucessivos regimes no poder neste país do Magrebe há décadas. Atualmente ameaçam declarar a independência da sua região, como forma de proteger as suas terras, exigindo o amparo do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!