Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Pai queima mão da filha na Beira por causa dum peixe

Um cidadão cuja identidade não apurámos queimou a mão direita da sua filha, de cinco anos de idade, alegadamente porque roubou um peixe na sua ausência. O facto deu-se há poucos dias no bairro do Vaz, na cidade da Beira, província de Sofala.

O Centro de Apoio Integrado às Vítimas de Violência Baseada no Género naquela parcela do país disse que o progenitor, ora fugitivo, recorreu a um carvão ao rubro para protagonizar tal maldade contra a sua própria filha.

As pessoas mais próximas da família da vítima contaram que o mau-trato aconteceu à noite. A miúda vive com o pai em virtude de este estar separado da mulher, a qual logo que tomou conhecimento da situação aproximou-se para perceber o que se passou.

Desolada, a senhora socorreu a filha para o hospital e disse não encontrar motivos nem explicações para o comportamento cruel do seu ex-marido contra a própria filha.

O Centro de Apoio Integrado às Vítimas de Violência Baseada no Género considera que um progenitor como este não merece ser considerado como tal. Aliás, disse ainda não perceber por que razão a menina vive com o pai, pois sendo pequena ainda precisa sobremaneira dos cuidados da mãe.

Os vizinhos relataram igualmente que a miúda sofre sevícias nas mãos do progenitor, que bate nela constamente, e no dia em que foi queimada supostamente por ter roubado um peixe não tinha tomado nenhuma refeição.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!