Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Padre agredido por impedir parcela da Igreja

As comunidades do Posto Administrativo de Anchilo, distrito de Nampula, estão de costas voltadas com a igreja católica local devido à disputa de uma parcela de terra que ambas partes reclamam como sendo sua pertença.

Por exigir a desocupação da parcela um padre daquela congregação foi há dias agredido impiedosamente com recurso a armas brancas por populares enfurecidos, 18 dos dos quais foram neutralizados por um contingente da Polícia de Intervenção Rápida chamada ao local para pôr cobro às escaramuças. Oliveira Maneque, oficial de imprensa no Comando Provincial da Policia da Republica em Nampula, referiu que a força de intervenção rápida foi obrigada a usar gás lacrimogéneo e outros instrumentos repressivos para dispersar o grupo que contestava a decisão da igreja católica em Anchilo.

A fonte acrescentou que correm trâmites visando a legalização da prisão dos 18 cidadãos supostamente implicados nos actos de violência que se seguiram à agressão física ao padre Constantino Bogaio, que se encontra a recuperar dos ferimentos sofridos.

Enquanto isso, aquela corporação está no encalço de outros três indivíduos considerados integrantes do grupo de agressores que se encontram a monte.

Informações em nosso poder indicam que o terreno em disputa pertence à Igreja Católica em Anchilo, que tem em sua posse comprovativos da sua concessão pelo governo, há cerca de uma década, para construção de infra-estruturas sociais da congregação.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!