Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Pacifistas” assinam pacto

A Universidade Politécnica, através do Instituto Superior de Estudos de Paz e Conflitos (ISEPC) e o Centro de Estudo de Transformação de Conflitos – Justa Paz, assinaram, passada quartafeira, em Maputo, um acordo de cooperação que visa a investigação e pesquisa nas áreas de paz e conflitos.

Com uma duração de dois anos, o acordo com a Justa Paz vai fazer imprimir ao ISEPC “mais impulso nas suas acções”, esperando-se que seja “um motor de arranque para ganhar uma velocidade de cruzeiro”, afirmou Rosânia da Silva, directora da Unidade de Extensão e Cooperação Universitária.

“O ISEPC surgiu na sequência duma parceria estratégica entre A Politécnica e a Fundação Joaquim Chissano e da necessidade em promover, a nível da universidade e do país, estudos de investigação e pesquisa nas áreas de paz e conflitos de modo a se antecipar os problemas, pois vivemos num espaço em que matéria para conflito social não falta”, acrescentou.

Por sua vez, o director executivo da Justa Paz, Alfiado Zunguza, referiu que, através deste acordo, “as duas instituições vão providenciar uma formação mais sólida em matéria de resolução de conflitos, acima de tudo na produção de literatura em português na área de resolução de conflitos e prevenção de violência nos países de expressão portuguesa”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!