Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Oposição sudanesa lança campanha para destituir Presidente

A oposição sudanesa anunciou o sucesso da sua campanha lançada, Sábado (6), para recolher assinaturas com vista a destituir o Governo do Presidente Omar El-Bashir.

O Partido Nacional (NUP), do ex-primeiro-ministro Sadiq al-Mahdi, anunciou a campanha de recolha de milhões de assinaturas de cidadãos sudaneses no país e no estrangeiro visando destituir o Governo atual, uma vez que o partido no poder, o Partido do Congresso Nacional (NCP) indicou que o seu regime apenas poderá ser derrubado pelas urnas.

O secretário-geral adjunto do NUP, Abdul Rahman al-Ghali, disse aos jornalistas, Segunda-feira, que cerca de mil pessoas, na maioria partidários do NUP no Estado de Cartum, assistiram à cerimónia de lançamento da campanha, que foi presidida pelo líder do NUP, Chief Sadiq al-Mahdi.

Abdul Mahdi afirmou que o seu partido optou pela destituição do Governo através da recolha de assinaturas, de reuniões públicas, de debates, de manifestações pacíficas e de marchas até o derrube do regime actual. Depois das alocuções proferidas pelo secretário-geral do NUP, Ibrahim al-Amin, e por outros altos responsáveis do partido, Abdul Mahdi foi a primeira pessoa a inscrever a sua assinatura no que o partido chama de “Memorando para a Libertação”.

Na sua reacção à campanha, o secretário para a Informação do NCP, no poder, Yassir Yusuf, afirmou que o Governo actual que tem a sua legitimidade de eleições livres e transparentes apenas poderá ser destituído pelas urnas e não pela colecta de assinaturas.

Ele afirmou que o NUP e os outros partidos políticos devem esperar as eleições gerais que, segundo ele, “serão realizadas em breve para permitir ao povo escolher entre nós e os outros partidos”.

Abdul Al Mahdi assumia o posto de primeiro-ministro quando o general Omar El-Bashir destituiu o Governo eleito na sequência de um golpe de Estado sangranto perpetrado a 30 de Junho de 1989.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!