Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Oposição no Haiti rejeita proposta do presidente para governo provisório

O primeiro-ministro do Haiti renunciou para abrir caminho para um governo temporário que substitua o presidente de saída, Michel Martelly, sem sucessor por causa do cancelamento de uma eleição, mas o plano foi logo rejeitado pelos partidos de oposição nesta terça-feira.

A data prevista para Martelly, que é chefe de governo do Haiti, deixar o posto é domingo. Um segundo turno no dia 24 de janeiro para escolher o seu sucessor foi cancelado depois de protestos, alguns violentos, contra o que a oposição chamou de fraude no primeiro turno.

Sob uma proposta de Martelly e líderes parlamentares, o substituto do primeiro-ministro Evans Paul seria escolhido por consenso e aprovado pelo Parlamento nesta semana, disse Gary Bodeau, parlamentar aliado do governo.

Bodeau afirmou que o novo primeiro-ministro governaria em conjunto com um conselho de ministros depois que Martelly, um ex-cantor conhecido como “Sweet Micky”, deixar posto.

A previsão é que novas eleições sejam organizadas até Maio. No entanto, o partido do candidato Jude Celestin e outros grupos opositores querem um governo provisório definido pela Suprema Corte, e um porta-voz disse que a renúncia de Paul não resolveria o impasse.

“Nós rejeitamos a iniciativa atual de Martelly e do Parlamento. É uma piada”, afirmou Samuel Madistin, porta-voz de um grupo de oito partidos de oposição.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!