Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ONU incentiva uso de novas tecnologias de informação pela agricultura

A Organização das Nações Unidas (ONU) está a patrocinar com cerca de 7,5 milhões de dólares norte-americanos o projecto de uso de novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) pela agricultura, em Moçambique, visando garantir o aumento e melhoramento dos níveis e qualidade da produção agrícola contra a insegurança alimentar que grassa o país.

Concretamente, durante os próximos cinco anos, o valor será gasto na construção e apetrechamento de centros de transferência de tecnologias de informação e comunicação para o sector agrícola, numa iniciativa que tem em vista apoiar Moçambique no cumprimento integral dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), disse ao Correio da manhã o conselheiro do Secretário-Geral da ONU para Objectivos de Desenvolvimento do Milénio, Jeffrey Sachs, que se encontra em Moçambique em visita de trabalho.

Falando, esta terça-feira, ao jornal, à margem de um encontro com o ministro da Ciência e Tecnologia, Venâncio Massingue, Sachs avançou que o projecto visa dar corpo ao surgimento de mais vilas do milénio, aquisição de técnicas modernas para produção alimentar, sementes melhoradas e fertilizantes, bem como o seu escoamento para mercados e/ou zonas de produção.

A massificação de painéis solares e acondicionamento de produtos agrícolas são outras actividades a serem desenvolvidas em Moçambique, graças ao financiamento da ONU, segundo ainda Sachs, salientando que mais cinco novas vilas do milénio irão ser criadas ao abrigo deste financiamento, visando fazer com que “mais moçambicanos possam desenvolver actividades produtivas com recurso também a meios de comunicação moderna como a internet”, realçou o funcionário sénior da ONU.

Até 2015, o programa Vilas do Milénio deverá ser implementado em todas as províncias moçambicanas, depois de Chibuto, em Gaza, Monapo e Lumbo (Nampula), Mocuba (Zambézia) e Nangade (Cabo Delgado), cuja criação pelo Ministério da Ciência e Tecnologia foi concretizada em 2006. O conselheiro do Secretário- Geral da ONU termina amanhã, sexta-feira, a sua visita de trabalho a Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!