Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Oito pessoas morrem afogadas em Nampula

As mortes por afogamentos persistem na província de Nampula. Na semana finda, pelo menos oito pessoas, entre elas crianças, pereceram vítimas de afogamento, um mal que tem deixado luto em várias famílias naquele ponto do país, mormente neste Verão.

Os recentes afogamentos aconteceram nos distritos de Larde, Rapale, Memba e Mogovolas, segundo Jaime Mário, comandante da Polícia Lacustre e Fluvial, em Nampula.

Segundo ele, os pais e encarregados de educação devem redobrar a atenção em relação aos seus filhos para evitar esta tragédia, principalmente nesta época chuvosa, em que os rios transbordam.

Ademais, é preciso igualmente ter-se cuidado quando se vai à praia para mergulho e os menores de idade devem estar, sempre, na companhia de adultos.

As autoridades apelam, também, para que tenha cautela durante a circulação na via pública em períodos de chuvosos, porque as estradas estão inundadas e o risco de tropeçar num buraco é maior.

Por sua vez, Zacarias Nacute, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), em Nampula, deu a conhecer que um indivíduo foi detido por posse de ossadas humanas, no distrito de Monapo.

O caso aconteceu na manhã do dia 20 de Janeiro último, numa residência. Este é outro problema que tem inquietado as autoridades, sobretudo no Niassa, Zambézia e Tete.

Neste último ponto do país, um jovem foi detido, há dias, acusado de profanação de túmulos e canibalismo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!