Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Oito indivíduos meteram-se no roubo e foram presos pela Polícia moçambicana

Oito indivíduos acusados de perpetrar assaltos em estabelecimentos comerciais, residências e roubos viaturas com recurso a armas de fogo caíram nas malhas da Policia da República de Moçambique (PRM) nas províncias de Maputo, Tete, Nampula e da Zambézia, na semana de 27 de Setembro passado a 03 de Outubro corrente.

Segundo Orlando Mudumane, porta-voz do Comando-Geral da PRM, para lograrem seus intentos, os meliantes ameaçavam suas vítimas com tipo pistolas. Em sua posse foram apreendidas 27 munições, três armas de fogo e quatro viaturas.

No período em alusão, foram recuperadas e entregues aos proprietários sete viaturas que tinham sido roubadas em diferentes pontos do país.

Na província de Nampula, Miguel Bartolomeu, o porta-voz da PRM, disse que deteve uma quadrilha que no último sábado (04) assaltou, usando instrumentos contundentes, uma barraca pertencente a um cidadão de nacionalidade guineense, no bairro de Carrupeia.

Na mesma noite, no bairro de Namicopo, na unidade comunal Sul, um grupo ainda a monte invadiu uma residência de um cidadão que responde pelo nome de Alberto Viegas e roubou duas motorizadas.A Polícia supõe que o assalto foi protagonizado pelo mesmo grupo de meliantes.

Enquanto isso, a Polícia disse que deteve 1.710 indivíduos, dos quais 1.608 por violação de fronteiras, 11 por imigração ilegal e 91 prática de vários crimes. Da República da África de Sul foram repatriados 293 moçambicanos, sendo 285 homens, cinco mulheres e três crianças.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!