Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Oficial do Exército assassinado em Derna no leste da Líbia

O coronel Salah Brik, do Exército líbio, foi abatido a tiro, sábado (6), em Derna (leste), uma cidade exposta ao caos de segurança à semelhança de várias outras em quase todo o país, anunciou a televisão al-Nabaa, citando fontes locais.

O coronel Salah Brik foi abatido por uma rajada de tiros por desconhecidos quando se encontrava numa estação de lavagem de viaturas, acrescentou a mesma fonte. Abalada por grupos armados de radicais islamitas, a cidade de Derna é palco, à semelhança de Benghazi, duma série de actos de violência desde a destituição em 2011 do regime de Muamar Khadafi.

Não existem órgãos de segurança do Estado líbio, que tem dificuldade para impor a sua vontade face a poderosas milícias armadas que fazem a lei no terreno. Em Benghazi, os confrontos continuam em torno do aeroporto e dos bairros vizinhos entre as tropas do general aposentado Khalifa Haftar, apoiadas por unidades do Exército líbio, dum lado, e, do outro, o Conselho da Choura dos Revolucionários de Benghazi, uma coligação de milícias armadas islamitas.

Porém, em Tripoli, a capital, uma calma precária reinava, sábado, na cidade e arredores, depois dos confrontos entre as tropas da «Fajr Libya» e as brigadas de Oucherfana. A vida está a retomar pouco a pouco o seu curso normal, depois de mais de um mês de confrontos mortíferos entre milícias rivais pelo controlo do aeroporto da cidade que caiu finalmente nas mão da “Fajr Libya”, uma milícia armada proveniente de Misrata, após a retirada dos ex-rebeldes de Zenten que garantiam a sua segurança desde 2011.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!