Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Obama diz que criação de empregos é prioridade para 2010

O presidente americano, Barack Obama, afirmou na quarta-feira, em seu primeiro discurso do Estado da União, que a criação de empregos é o “foco número um” do governo este ano, e anunciou o lançamento de uma lei para estimular o mercado de trabalho.

“Os empregos devem ser nosso foco número um em 2010, e é por isso que estou lançando uma nova lei de (incentivo à criação de) empregos esta noite”, declarou o presidente. Obama, que dedicou a maior parte de sua fala a questões domésticas e principalmente à economia, indicou que a Câmara dos Representantes já havia aprovado uma nova legislação para incentivar a criação de empregos nos Estados Unidos. “A Câmara já aprovou esta lei de empregos, e peço ao Senado que faça o mesmo”, disse Obama.

O presidente deu especial destaque à criação de empregos a partir do investimento em pequenas empresas, além da construção de usinas para a produção de energias renováveis e do incentivo às exportações. “O governo pode criar condições para que as empresas sejam capazes de criar mais empregos”, afirmou Obama, lembrando que sete milhões de empregos foram suprimidos nos EUA nos últimos dois anos. Falando sobre o dinheiro que o governo usou para salvar grandes bancos durante o auge da crise financeira, em 2008, Obama anunciou que usará 30 bilhões de dólares do montante já devolvido pelas instituições financeiras para ajudar pequenos negócios.

“Eu sei que o financiamento continua difícil para as pequenas empresas, e é por isso que destinarei 30 bilhões de dólares do dinheiro que os bancos de Wall Street já pagaram para financiar as pequenas empresas”, declarou. Além disso, afirmou que pretende “cortar impostos dos pequenos empreendimentos, e aumentar os impostos para as grandes empresas”. Obama ressaltou que continuará investindo em obras de infraestrutura para criar empregos, principalmente através da produção de energias renováveis, como a solar e os biocombustíveis. “Precisamos construir as bases para um crescimento de longo prazo”, disse o presidente.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!