Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
Publicidade

Nyusi pede aos EUA ajuda na área de segurança e investimentos em infra-estruturas

nyusi-ccilideres

O Presidente da República pediu aos Estado Unidos da América (EUA) ajuda na área de segurança e a diversificação dos investimentos norte-americanos para infra-estruturas. “Infra-estruturas como estradas, portos são fundamentais e nós queremos trabalhar com alguma agressividade com os Estados Unidos para novos negócios, para não ficarmos só presos ao gás” desafiou Filipe Nyusi.

Principal orador do 2º dia do Fórum virual de Líderes do Conselho Corporativo dos EUA para África o Chefe de Estado Moçambique começou por apresentar as acções do seu Governo para mitigar o impacto da covid-19.

Questionado sobre o que Moçambique tem em vista para a recuperação pós-pandemia o Presidente Nyusi desafiou aos empresários norte-americanos a diversificarem os seus investimentos. “As empresas dos Estados Unidos estão em África e estão concretamente com alguma envergadura em Moçambique, as áreas mais profundas em que estamos a operar juntos é o gás mas queremos também infra-estruturas por exemplo na construção de pontes”.

“Nós em Moçambique somos um país cíclico (hídrico) e pensamos que também é uma área que tem de ser explorada pelos Estados Unidos: as infra-estruturas. Porque muitas vezes a nossa agricultura não evolui por falta de infra-estruturas como barragens porque Moçambique é um país seco no Sul e mas chove mais no Norte e nós não somos capazes de gerir essa água para sustentar a agricultura em todos os momentos”, disse Filipe Nyusi na sessão virtual que aconteceu nesta quarta-feira (24).

O Presidente da República, quase sinalizando como Moçambique pretende gastar os fundos disponibilizados pela Millennium Challenge Corporation, perspectivou: “as infra-estruturas como estradas, portos são fundamentais e nós queremos trabalhar com alguma agressividade com os Estados Unidos para novos negócios, para não ficarmos só presos ao gás”.

Filipe Nyusi pediu ainda “a experiência norte-americana na área de segurança é fundamental. O meu país está a gerir alguns ataques e penso que a experiência americana de estabilização de Moçambique joga um papel importante. Faz parte do grupo de contacto na pacificação de Moçambique no âmbito do Acordo de Paz que foi assinado, essa é uma das áreas que estamos numa nova era”.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!