Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Novo ataque contra comitiva de Dhlakama no centro de Moçambique

Governo e Polícia longe de esclarecerem o ataque de sexta-feira em Manica

O líder do partido Renamo, Afonso Dhlakama, disse nesta sexta-feira à agência Lusa que escapou ileso a um novo ataque em menos de duas semanas na província de Manica, centro de Moçambique. Testemunhas relatam que houve troca de tiros durante cerca de uma hora entre a guarda do presidente da Renamo e atacantes não identificados fortemente armados.

O ataque ocorreu no princípio da tarde, no dia em que Moçambique comemora o Dia das Forças Armadas, na Estrada Nacional 6 (EN6) em Zimpinga, distrito de Gondola, quando a comitiva do partido Renamo seguia para Nampula, segundo o presidente do partido, que falava no local do incidente.

Dhlakama mencionou que três dos seus guardas foram feridos, mas o jornalista da Lusa que se dirigiu para o local observou pelo menos nove mortos, entre os quais dois homens com uniformes da Renamo.

No local, estava também um “chapa” (carrinha de transporte semipúblico) acidentado, cujo motorista morreu, bem como alguns dos passageiros.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!