Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Nicolás Maduro assume Presidência interina da Venezuela

Nicolás Maduro fez juramento, esta Sexta-feira (8), como presidente interino da Venezuela enquanto aquece os motores para concorrer nas futuras eleições, confiante de que vencerá com o impulso da popularidade e carisma do líder socialista Hugo Chávez, que morreu, Terça-feira.

A designação do até agora vice-presidente do país e um dos mais próximos colaboradores do falecido mandatário foi apoiada, esta Sexta-feira (8), pelo Tribunal Supremo de Justiça, que decidiu que ele não deve renunciar a seu cargo para ser candidato nas eleições, que poderão acontecer nas próximas semanas.

“Juro em nome da lealdade mais absoluta ao comandante Hugo Chávez que cumpriremos e faremos cumprir essa Constituição bolivariana com a mão dura de um povo disposto a ser livre”, disse Maduro com a mão levantada diante da Constituição antes de receber a faixa presidencial das mãos do chefe da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello.

Mas a tomada oficial do poder foi criticada pelo opositor Henrique Capriles, que perdeu contra Chávez as eleições de Outubro do ano passado. Capriles qualificou o juramento de fraude, argumentando que segundo a Constituição a falta absoluta do falecido presidente deve ser coberta pelo chefe da Assembleia Nacional, Diosdado Cabello.

“Esse juramento que vai acontecer agora nas condições que querem é um juramento completamente falso. Ninguém elegeu Nicolás Maduro como presidente”, disse ele em entrevista colectiva antes da posse de Maduro.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!