Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

NBA final da Conferência Leste: James e Wade voltam a brilhar, e Miami empata série em Chicago

NBA final da Conferência Leste: James e Wade voltam a brilhar

O que não correu bem para os Miami Heat no primeiro jogo contra os Chicago Bulls ficou no passado. Desta vez, os ressaltos vieram, a defesa funcionou e os craques brilharam na hora de decidir. Por 85 a 75, com belas atuações de LeBron James e Dwyane Wade, os Heat bateu os Bulls em Chicago e deixou as finais da Conferência Leste empatadas em 1 a 1.

A série melhor de sete continua em Miami, que agora não precisa mais vencer na casa do rival. Três vitórias na Flórida (a equipa faz em casa a terceira a quarta e, se necessário, a sexta partida) colocam James, Wade e Chris Bosh nas finais da NBA. O próximo jogo será no domingo.

Os melhor marcadores do jogo foram James e Wade, com 29 e 24 pontos, respectivamente. A ajuda inesperada veio do reserva Udonis Haslem, que deu energia a equipa e motivou uma arrancada no terceiro período. Ele terminou a partida com 13 pontos. A equipa da Flórida, dominado nos ressaltos no primeiro jogo, equilibrou as ações no fundamento e pegou quatro a mais que os Bulls: 45 a 41.

Pela equipa da casa, que converteu apenas 34,1% de seus arremessos, o melhor marcador foi Derrick Rose, com 21. O armador, porém, teve uma noite má, acertando apenas sete de 23 tiros tentados. O ala Luol Deng, que costuma aliviar o peso nas costas de Rose, também ficou abaixo das expectativas e marcou 13 pontos.

O jogo começou como uma sequência da primeira partida da série: Chicago ganhava a maioria dos ressaltos e marcava bem os craques do Heat, LeBron James e Dwyane Wade. Miami, por sua vez, também não abria espaço para as penetrações de Derrick Rose, e o duelo seguiu equilibrado por boa parte do primeiro quarto. Miami abriu cinco pontos, mas foi aí que começou a reação da equipa da casa. Mesmo sem Rose em quadra – o armador cometeu duas faltas e foi para o banco a três minutos do fim do período -, os Bulls contaram com cestos de Boozer, Noah e Deng e marcaram dez pontos contra um do Heat, tomando a liderança e abrindo 21 a 15.

Um cesto de Mike Miller a 2s8 do fim cortou a vantagem de Chicago para quatro pontos, mas Deng acertou um espetacular arremesso da sua própria quadra, pouco antes do cronômetro zerar, e o primeiro quarto terminou com os Bulls liderando por sete pontos: 26 a 19.

Quatro faltas de Chicago no primeiro minuto do segundo quarto complicaram a vida da defesa do time da casa – a partir da quinta, Miami teria direito a lances livres em todas as faltas. O cenário facilitou a vida de Wade e James, que encontraram menos resistência e tiveram ótima aproveitamento no segundo quarto. Na metade do período, o jogo já estava empatado. Uma bandeja de James a sete segundos do fim colocou a equipa à frente no intervalo: 48 a 46. Quando as equipa foram para os vestiários, James já somava 14 pontos, e Wade, 17. O Heat tinha 51,5% de aproveitamento nos arremessos. Pelos Bulls, Rose acumulava apenas nove, e Deng tinha 11 pontos. A equipa da casa acertava apenas 37,8% de seus tiros.

No terceiro quarto, Chicago seguiu com problemas no ataque, mas os ressaltos defensivos e a defesa mantiveram o jogo parelho até a metade do período. No entanto, Miami, que tinha o time mais equilibrado no momento, acabou conseguindo uma arrancada antes do último quarto. Um afundanço do reserva Udonis Haslem, um contra-ataque rápido de James, um cesto de Wade e mais uma socada de Haslem colocaram os visitantes em vantagem por 11: 67 a 56.

O último quarto começou com o Heat à frente por 71 a 65, mas os Bulls tiveram energia para reagir. Taj Gibson, o mesmo que fez uma incrível enterrada em cima de Wade no primeiro jogo da série, entrou em quadra e deu ânimo ao time da casa. O ala-pivô marcou seis pontos e, com um afundanço, empatou a partida em 73 a 73 a sete minutos do fim. Depois de dois minutos de defesas fortes e as equipas sem pontuar, uma cesta de três de LeBron James quebrou seca. O próprio LeBron converteu um cesto na sequência, colocando os visitantes à frente por cinco pontos a três minutos do fim. Chicago não encostou mais, e a dupla James-Wade, que marcou os últimos 11 pontos do Heat, assegurou a vitória na casa do rival.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!