Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
Publicidade

“Natal Solidário” da Tmcel no Hospital Psiquiátrico de Infulene

tmcel-natal-solidario

A empresa Moçambique Telecom, SA-(Tmcel) ofereceu, na sexta-feira, 11 de Dezembro, diversos produtos alimentares não perecíveis e de higiene ao Hospital Psiquiátrico de Infulene (HPI), no âmbito da celebração do Natal. A acção visa proporcionar festas felizes aos doentes internados naquela unidade sanitária, localizada na cidade de Maputo.

Denominada “Natal Solidário”, a iniciativa insere-se nas actividades de responsabilidade social corporativa da Tmcel, que contou com a contribuição dos seus colaboradores para levar alegria, carinho e solidariedade àquele hospital.

Pretende-se, através deste gesto, conforme explicou a chefe do Gabinete de Comunicação Corporativa e Responsabilidade Social da Tmcel, Ana Bela Margarido, criar uma consciência solidária e contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes internados no HPI, neste período festivo.

“A Tmcel tem desenvolvido diversas acções em benefício das comunidades moçambicanas, sendo tradição, nos últimos cinco anos, juntar-se aos pacientes deste hospital, que acolhe e cuida de pessoas que padecem de doenças ou transtornos mentais, muitas vezes excluídos pela sociedade. O nosso objectivo é proporcionar-lhes um ambiente de confraternização, esperança e de alegria, que caracteriza a época natalícia”, disse.

Na ocasião, Ana Bela Margarido enalteceu o papel e o esforço dos profissionais de saúde, em particular os afectos àquela unidade sanitária, que, de forma incansável, trabalham para a recuperação e dignidade dos pacientes ali internados.

Por seu turno, a directora do Hospital Psiquiátrico de Infulene, Serena Chachuaio, louvou o gesto da Tmcel, que vai ajudar a instituição a proporcionar festas condignas aos doentes.

“É um apoio que veio numa boa altura, na medida em que registamos o aumento de pacientes no internamento e nas consultas externas, e isso representa gastos para o hospital”, sublinhou Serena Chachuaio, que apontou a Covid-19 como principal causa deste incremento. Segundo a directora do HPI, “por causa do confinamento, as pessoas passaram por momentos de ansiedade,stress, entre outros problemas. A sociedade está preocupada e todos os problemas sociais se reflectem na saúde mental”.

Com uma capacidade instalada para 245 camas, o Hospital Psiquiátrico de Infulene é de nível quaternário e presta assistência em regime de internamento e ambulatório, contando, para o efeito, com uma equipa multidisciplinar composta por médicos psiquiatras, psicólogos clínicos, terapeutas ocupacionais e enfermeiros. É uma unidade sanitária especializada no tratamento de pacientes com quadros de doenças mentais e com problemas de toxicodependência.

Para além da prevenção, tratamento, reabilitação e reintegração social dos doentes, o hospital realiza consultas externas de todos os quadros de psiquiatria, para além de medicina geral e pediatria.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!