Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Natação: Falta de manutenção precipita fim da época

Terminou cedo a época 2012/2013 de natação em Moçambique. Devido a avaria da Piscina Olímpica do Zimpeto, aliado à falta de fundos da Federação Moçambicana de Natação (FMN) para a reparação, não foi possível realizar a última prova do calendário: o Campeonato Nacional Natação de Inverno.

Depois de ser adiado no passado mês de Março para Maio, devido ao conflito político que se registou em Múxunguè, província de Sofala, o Campeonato Nacional de Natação de Inverno definitivamente não decorreu. Para além da avaria da piscina olímpica de Zimpeto, local que ia acolher a prova, a Federação Moçambicana de Natação (FMN), que recentemente recebeu das “mãos” do governo a gestão daquela infra-estrutura, não tem fundos para concertá-la.

Gilberto Mendes, presidente daquele organismo, em conversa com o @Verdade, confirmou o assunto e disse lamentar o facto de a época terminar sem o cumprimento na íntegra do calendário de competições. “Primeiro não havia condições nem logísticas, nem de segurança para a realização deste campeonato que tinha de ser numa piscina comprida. A situação em Muxúnguè não estava boa e decidimos não arriscar. Remarcamos para o mês passado. Mas fomos descobrir que a piscina olímpica do Zimpeto não estava em condições devido a avaria das máquinas e da barra curta” disse o interlocutor.

Sobre as soluções do problema, Mendes foi claro na resposta: “para a reparação das avarias são necessárias somas avultadas de dinheiro. Não tenho o valor em mente, mas posso garantir-lhe que excede a nossa capacidade financeira”. “O conserto envolve gastos que nem sequer estavam previstos no contrato-programa que assinamos com o governo. Agora somos obrigados a ir atrás de parceiros para ver se nos apoiam nesta matéria.

Ainda bem que encerrámos a época visto que, durante este período de “férias”, poderemos tratar deste assunto” concluiu Gilberto Mendes, presidente da Federação Moçambicana de Natação. Ainda no que diz respeito ao envolvimento do governo neste assunto, a nossa fonte clarificou que “nós, como federação, somos os gestores da piscina. Tudo o que for a suceder com ela é da nossa inteira responsabilidade”.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!