Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Nasa lança satélite para investigar sumiço da água em Marte

Um foguete não tripulado Atlas 5 decolou, esta segunda-feira (18), da Base Aérea de Cabo Canaveral, no Estado norte-americano da Flórida, carregando um satélite que orbitará Marte para tentar descobrir como o planeta “irmão” da Terra perdeu a sua água.

Ao contrário de sondas marcianas espaciais, a Maven (Missão para a Evolução Volátil e Atmosfera de Marte, na sigla em inglês) não examinará a árida superfície do planeta, nem pousará nele.

A Maven irá examinar e colher amostras do que resta da atmosfera marciana e observar em tempo real como essa água foi arrancada, molécula a molécula, pela radiação solar.

A missão de um ano custará 671 milhões de dólares, e o primeiro passo consiste em levar o satélite para o espaço. Para isso, o Atlas 5, fabricado pela United Launch Alliance, joint-venture da Lockheed Martin e da Boeing, decolou às 13h28, para uma viagem de dez meses até o planeta vermelho.

Depois da chegada, Maven vai colocar-se numa órbita elíptica ao redor de Marte, a uma distância variável de 105 a 6.000 quillómetros, podendo assim observar diferentes aspectos para tentar descobrir o ritmo de perda da actual atmosfera marciana e o que aconteceu no passado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!