Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Não há cadastramento de funcionários

O Sistema de Cadastramento dos Funcionários Públicos na província da Zambézia, está avariado deste o ano passado. De lá para cá, as coisas não têm sido fáceis para concretizar esta actividade de cadastramento dos funcionários.

Funcionários vindos dos distritos ficavam horas a fio no edificio do governo da província a espera que chegasse a sua vez. No princípio diziam que o sistema anda lento, por causa da rede e isto vou se arrastando, arrastando até que as máquinas pararam mesmo. Dai que na sua recente visita a Zambézia, a mando do presidente da República, Vitória Diogo, ministra da Função Pública, diz que há que procurar por onde recaem as culpas desta avaria.

Diogo fez saber que uma equipa do ministério das Finanças chegará dentro da próxima semana a Zambézia, para fazer o diagnóstico desta avaria e dai saber-se-a se as culpas são do governo da província ou do governo central. Num outro desenvolvimento, aquela ministra disse que o sistema de cadastramento dos funcionários públicos permite saber de facto qual é o número existente e ajuda de certa maneira a planificar algumas acções nos sectores.

Dirigindo-se aos presentes do primeiro fórum provincial da função pública, Vitória Diogo, apelou aos funcionários para que se dediquem ao trabalho nos sectores onde eles estão afectos, dai a razão do seu sector estar mesmo virado ao atendimento do cidadão e a melhoria das condições dos funcionários.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!