Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mundial no Brasil é para o presidente da CBF “saquear”

O jornalista escocês Andrew Jennings afirmou que a escolha do Brasil como país acolhedor do Mundial de 2014 não é inocente e que o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, quer tirar proveitos próprios.

“[Sepp] Blatter, o poderoso chefe da máfia, tem de manter os seus sub-chefes à volta do mundo felizes. O Ricardo queria o seu próprio Campeonato do Mundo para saquear. A melhor maneira de Blatter mantê-lo fiel era deixá-lo organizar o Mundial de 2014”, disse Andrew Jennings, em entrevista ao “site” oficial do antigo internacional brasileiro Romário, agora deputado pelo Rio de Janeiro.

O escocês, que tem passado os últimos 13 anos a investigar alegados actos de corrupção no seio da FIFA, adiantou que a decisão de atribuir o Mundial de 2010 à África do Sul foi motivada pela vitória da Alemanha na corrida para organizar a competição de 2006, a qual, segundo ele, também não foi justa.

“Depois de a África do Sul ter sido roubada em 2000, quando perdeu a sede do Mundial de 2006 – subornos foram pagos em nome da Alemanha – a África ficou furiosa”, conta Jennings. “Blatter apressadamente introduziu a ideia de girar o Mundial entre os continentes. Em seguida, a África do Sul conseguiu sediar o evento em 2010 e 2014 foi prometida à América do Sul.”

O jornalista da BBC adiantou que, nos últimos anos, a ISL – uma empresa suíça de marketing desportivo – pagou 100 milhões de dólares (70 milhões de euros) a funcionários da FIFA em troca de contratos lucrativos nos Campeonatos do Mundo, com Ricardo Teixeira e João Havelange, ex-presidente do organismo para o futebol mundial, a encabeçar a lista.

Na mesma entrevista, Jennings garante que “a única maneira” de ganhar o direito de organizar um Mundial é pagar subornos.”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!