Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mundial 2014: “Ninguém pode se sentir invencível”, diz técnico da Alemanha

O técnico da Alemanha, Joachim Löw, mostrou-se cauteloso após a goleada por 7 a 1 sobre o Brasil no estádio Mineirão e afirmou que a sua seleção deve manter a calma visando a final do próximo domingo, no estádio do Maracanã. “Devemos manter a calma, porque acho que vão ser importantes os próximos dois dias para recuperar os jogadores. Não havia euforia no vestiário, e isso é importante, porque a final será difícil e devemos manter nossa concentração”, enfatizou o treinador em entrevista coletiva.

“Ninguém pode se sentir invencível. Tanto a Argentina como a Holanda jogaram um excelente Mundial. Vamos esperar o resultado de amanhã para analisar que tipo de partida poderá acontecer”, completou.

Löw, que disse não ter preferência entre Holanda e Argentina como rival na decisão, também disse entender a frustração dos brasileiros pela derrota humilhante.

“Sabemos como se sentirão Scolari, a seleção brasileira e o público, porque nós vivemos essa situação em 2006 (quando perderam a semifinal para a Itália como anfitriões). É uma enorme decepção, porque esta derrota será muito difícil de digerir”, declarou.

“Estamos felizes porque no intervalo já sentíamos que a vitória era nossa e nos permitiu poupar forças. O Brasil, no segundo tempo, deveria mostrar uma reação, e nós conseguimos contê-la para finalizar esta partida”, disse Löw.

Löw também comemorou o recorde conquistado hoje por Miroslav Klose, o de maior artilheiro da história das Copas do Mundo, superando Ronaldo ‘Fenómeno’. “Significa muito para nós e é uma marca que só pode ser batida por (Thomas) Müller”, frisou.

O treinador preferiu exaltar sua equipe como um todo, mas também reservou elogios a Toni Kroos, eleito pela Fifa como o melhor em campo. “Nos últimos dois anos, ele foi um jogador que se doou muito à equipe. Agora está em grande fase e, da mesma forma que os seus companheiros, contribuiu muito para nosso estilo de jogo”, afirmou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!