Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mulher embriagada mata filho por asfixia em Inhambane

Um bebé de dois meses de vida morreu asfixiado pela própria mãe, supostamente bêbada, na madrugada de sábado (24), na cidade de Inhambane. A mulher, acusada de infanticídio, está a contas com as autoridades policiais.

O infortúnio ocorreu no bairro Muelé e o óbito foi descoberto pela própria indiciada por volta das 04h00 da manhã. Ela disse ao marido que o bebé não aparentava ter os sinais vitais e não percebia o que é que esta estava a acontecer.

Segundo a Polícia da República de Moçambique (PRM) naquele ponto do país, na sexta-feira (23), o casal esteve e beber até altas horas da noite em casa dos pais da mulher acusada. No regresso, o homem deixou a família em casa e foi continuar a bebedeira algures.

Quando a suposta infanticida foi recolhida aos calabouços, algumas pessoas questionaram por que razão o marido também não foi detido. Os vizinhos testemunharam que na altura em que a criança morreu ele não estava em casa. Na sua ausência ouviu-se choros do bebé, o que prova que deixou a vítima e a esposa com vida.

Enquanto isso, no distrito de Mopeia, província da Zambézia, um indivíduo foi também detido por alegadamente ter assassinado a mãe, a irmã à paulada e agredido fisicamente o pai, ora sob cuidados médicos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!