Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mudanças tecnológicas: imprensa chamada a acelerar o passo

O Primeiro- Ministro (PM) moçambicano, Aires Ali, disse na segunda-feira, em Maputo, que as aceleradas mudanças tecnológicas que o sector da comunicação social tem vindo a conhecer nos últimos tempos devem merecer prioridade por parte dos comunicadores.

De acordo com Ali, cabe a própria comunicação social e não só discutir as melhores estratégias que permitam absorver e utilizar estas mesmas tecnologias para o benefício da sociedade. “O Governo tem a consciência de que é preciso acelerar o passo nesta caminhada”, declarou Ali, na abertura do Seminário de Operacionalização das Políticas e Estratégias de Informação e Promoção da Imagem do Governo.

Para o PM, é fundamental que o povo conheça os passos que estão sendo seguidos, os objectivos que se pretendem atingir, para que os programas de médio e longo prazos sejam melhor entendidos e interpretados pelos próprios média. Ainda na abertura deste encontro de um único dia, Ali defendeu uma comunicação social bem informada e munida de todos os instrumentos necessários, facto fundamental tanto para informar como para acompanhar os programas do Governo.

No seu discurso, O PM destacou a necessidade de se ter em mente que os órgãos de comunicação social funcionam como parceiros indispensáveis do Governo, não só na divulgação das actividades do Executivo mas também na articulação entre os governantes e o povo. Na ocasião, Aires Ali disse que o presente encontro não é apenas uma simples ocasião para se apresentar ou debater as actividades de promoção da imagem do Governo, mas é, igualmente, através do mesmo que se vai mostrar o empenho de todos os actores nesta área.

Segundo o PM, esta é uma ocasião para que o próprio Gabinete de Informação (GABINFO) faça uma introspecção sobre o trabalho que tem vindo a desenvolver no âmbito das suas atribuições e competências, com vista a desenvolver e consolidar meios para melhorar as suas actividades em tanto que promotor da imagem do Governo.

O Governo espera que o documento final deste mesmo encontro sirva para fornecer instrumentos que ajudem a planificar as actividades do Governo e que, a partir do mesmo, se possa criar um melhor espaço para fornecer aos ‘média’ matérias essenciais sobre políticas de governação no país. Reflexões sobre as Relações entre a Comunicação Social e as Fontes Governamentais é um dos principais atractivos deste encontro em que tomam parte Porta-vozes, Assessores e Adidos de Imprensa dos Ministérios e Governos provinciais, dirigentes de instituições públicas de comunicação social, entre outros convidados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!