Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Morrem 11 em ataque de militantes a complexo presidencial da Somália

Pelo menos 11 pessoas morreram quando militantes islâmicos atacaram o complexo presidencial da Somália nesta sexta-feira, usando um carro-bomba contra o portão e trocando tiros com guardas.

O presidente da Somália, Hassan Sheikh Mohamud, não ficou ferido no ataque ao complexo, conhecido como Villa Somalia, que além das instalações presidenciais, abriga outras agências do governo.

O grupo Al Shabaab, ligado à Al Qaeda, assumiu a responsabilidade pela ação. O presidente disse que o ocorrido não interromperia o trabalho do governo para reconstruir a Somália depois de décadas de guerra.

“Um ato de terrorismo não esconde a verdade de que esse é um grupo marginal à beira da extinção”, afirmou ele num comunicado. Há relatos contraditórios sobre o ocorrido. Abdikadir Ahmed, comandante policial, disse à Reuters que o confronto ocorreu na casa do comandante militar da Somália, o general Dahir Aden Indha Qarshe, perto do palácio presidencial.

Uma autoridade do governo, que pediu anonimato, disse que os extremistas chegaram à mesquita no centro do complexo, onde o presidente reza às sextas-feiras. O chefe do gabinete do primeiro-ministro, um ex-chefe da inteligência e seis militantes foram mortos, segundo ele.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!