Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: Victor Pontes regressa ao Clube de Chibuto

Uma semana depois do seu despedimento, o treinador português Victor Pontes está de volta ao comando técnico do Clube de Chibuto. Esta decisão foi tomada no último domingo (28) pela direcção daquela colectividade.

É um assunto que pode encerrar um insólito. Oito dias depois de ter recebido uma carta da direcção a informar que estava dispensado, Victor Pontes retoma aos trabalhos como treinador principal do Clube de Chibuto.

Segundo conta Junaid Lalgy, vice-presidente para a Administração e Finanças daquela colectividade de Gaza, esta decisão foi tomada na reunião extraordinária da direcção que teve lugar na manhã de último domingo (27). O “peso na consciência” é apontado como a principal razão da readmissão do técnico português.

“Tivemos uma semana bastante complicada depois de termos despedido o mister em função dos resultados não satisfatórios da equipa nos últimos dias. Porém, como somos humanos, percebemos que havíamos cometido um grande erro” revela ao @Verdade aquele dirigente, acrescentando que no referido encontro da direcção se avaliou, também, o percurso do clube tendo se chegado à sábia conclusão de que o Victor Pontes deu outra dinâmica à equipa.

O clube de Chibuto na actualidade, numa análise comparativa, conquistou o seu lugar na arena desportiva moçambicana, sendo que por inúmeras vezes é confundido com uma potência futebolística conforme defende Lalgy, atribuindo tal feito ao Victor Pontes.

“O público de Chibuto, apesar de entender que foi uma decisão soberana da direcção, não se mostrou a favor da mesma. Os dirigentes desportivos e políticos do país mostraram-nos, igualmente, que estávamos errados. Nas redes sociais vimos o forte movimento de apoio ao Pontes. Enfim, recuámos para estar bem connosco próprios” detalha.

Victor Pontes aceitou o convite

Questionado se a nova decisão da direcção daquele emblema “guerreiro” foi considerada pelo técnico, ainda na esteira da conversa com o @Verdade, Junaid Lalgy revela que “falámos com ele. Ele estava cá e tinha o voo com destino a Lisboa marcado para esta terça-feira (29). Mostrou-se disponível a reassumir o comando técnico, sendo que neste momento está a caminho de Chibuto para preparar o jogo desta quarta-feira (30) diante do Chingale de Tete”.

Mussá Osman, segundo confirma a nossa fonte, irá manter o posto de treinador adjunto do Clube de Chibuto, depois de assumir o cargo que havia sido deixado por Victor Pontes.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!