Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola: Locomotivas de Maputo aceleram na liderança; bi-campeão volta a perder

Moçambola: Locomotivas de Maputo aceleram na liderança; bi-campeão volta a perder

Apesar da humilhação sofrida no passado sábado diante do líder Ferroviário de Maputo, o Clube de Chibuto não perdeu o segundo posto da competição mas viu os seus seguidores a colarem-se fazendo com que a segunda posição seja ainda mais contestada. Uma das equipas que podia ter assaltado o segundo posto da competição após a derrota do Chibuto era o Vilankulo FC que teve pela frente neste domingo o Costa de Sol. Percorridos cerca de 800 quilómetros de estrada e cientes da capacidade do adversário, os Marlins nada fizeram senão jogar do primeiro ao último minuto na defesa.

Para tal, montaram uma muralha que fechava-se a cada investida ofensiva da turma canarinha facto que deixava Diamantino Miranda com os nervos à flor da pele diante de assobios e frustração dos adeptos. Se tivesse que haver um vencedor, o justo seria a equipa da casa pelas oportunidades de golo criadas, diga-se em quantidades industriais. Falta de inspiração dos avançados do Costa de Sol? Não.

Houve falta de estratégia para violar as redes do representante de Inhambane. O rematar de longe e criar perigo com as situações de bola parada foram detalhes não trabalhados por Diamntino Miranda até porque se calhar, não esperava por um Vilankulo que jogou da maneira mais defensiva possível.

Ninguém marcou mas sorriu Chiquinho Conde no fim por aquilo que foi o jogo cujo campo pareceu estar inclinado para o lado da baliza à guarda de Simplex – este que chegou a lesionar-se.

Na mesma tarde de domingo, a bi-campeã nacional Liga Muçulmana viu a locomotiva da Beira a levar os três pontos com Maninho, ex-muçulmano a marcar dois golos. Das muitas situações de golo criadas pela dominadora equipa da casa, apenas uma foi convertida por intermédio de Miro mesmo sobre o apito final do árbitro. A Liga vê assim as contas a complicarem-se estando neste momento a três pontos e lugares acima da linha de água.

Confira os resultados completos da 11ª jornada:

Ferroviário de Maputo 4-1 Clube de Chibuto

Têxtil de Púnguè 0-0 Maxaquene

Costa de Sol 0-0 Vilankulo FC

Chingale de Tete 2-0 Ferroviário de Pemba

Incomáti 1-1 Desportivo de Maputo

Ferroviário de Nampula 3-0 HCB de Songo

Liga Muçulmana 1-2 Ferroviário da Beira


Confira a classificação após esta jornada:


EQUIPA J V E D GM GS DG P
Ferroviário de Maputo 11 8 0 3 17 10 7 24
Clube de Chibuto 11 5 3 3 11 8 3 18
Ferroviário de Nampula 11 5 3 3 9 6 3 18
Maxaquene 11 4 6 1 9 6 3 18
Vilankulo FC 11 4 5 2 7 5 2 17
Ferroviário da Beira 11 3 7 1 10 6 4 16
Costa de Sol 11 4 4 3 14 11 3 16
HCB de Songo 11 4 3 4 4 7 -3 15
Liga Muçulmana 11 3 5 3 9 8 1 14
10º Incomáti 11 2 6 3 9 10 -1 12
11º Desportivo de Maputo 11 3 3 5 6 9 -3 12
12º Chingale de Tete 11 2 5 4 11 11 0 11
13º Têxtil de Púnguè 11 3 2 6 6 12 -6 11
14º Ferroviário de Pemba 11 0 2 8 5 17 -12 2
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!