Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambola 2017: campeão travado em Nacala; UP estreia-se com vitória; Bhéu derrota Costa do Sol

O Ferroviário da Beira estreou-se no Campeonato Nacional de futebol da 1ª divisão com uma derrota da casa do Desportivo de Nacala. A estreante Universidade Pedagógica de Lichinga surpreendeu o experiente Chingale e Bhéu também surpreendeu o guarda-redes do Costa do Sol.

Quiçá com a cabeça no jogo da “champions” diante do Barrack Young Controller da Libéria no próximo fim-de-semana a equipa de Aleixo Fumo entrou sem muita garra para o lotado campo da Bela Vista e sem surpresa viu Calima subir mais alto que os seus defensores, na sequência de um pontapé de canto no minuto 17, e atirar de cabeça para o golo inaugural.

O golo espevitou os campeões que quatro minutos depois empataram por Maninho. Mas o Desportivo mostrou que no seu campo continua a mandar Lau desfez a igualdade na segunda parte, através de um penálti.

O vice-campeão não teve muitas dificuldades para vencer no seu relvado os “trabalhadores” de Quelimane, Parkim e Luís fizeram os golos da União Desportiva do Songo.

Em Maputo, a jogar no seu relvado, o Costa do Sol controlou o jogo, criou as melhores jogadas de ataque mas acabou por ver Bhéu, na transformação soberba de um livre directo a bater o seu guarda-redes.

No Niassa, Celso, já em tempo de compensação, corou a estreia da Universidade Pedagógica com uma vitória diante do Chingale de Tete.

Mais gorda foi a vitória do Clube de Chibuto sobre o Ferroviário de Nacala, Shawa e Luckman fizeram os golos que garantiram os 3 pontos para os representantes da província de Gaza.

Nélson marcou o primeiro golo do Moçambola 2017

O regresso do primeiro campeão de Moçambique ao Moçambola ia ser estragado pelos estreantes jovens da Associação Desportiva de Macuácuá que se colocaram na frente do placar gelando o campo da Soalpo. Mas os anfitriões repuseram a igualdade.

Outra igualdade a uma bola foi o resultado da penosa deslocação do Ferroviário de Nampula à Vilanculo. Laque abriu o marcador para a ENH mas Osvaldo determinou a divisão de pontos.

Outro empate, mas com muitos golos, aconteceu na partida inaugural do Campeonato disputada no estádio Nacional do Zimpeto. Nélson abriu o placar, marcando o primeiro golo do Moçambola 2017.

Na segunda metade os “locomotivas” da capital do País entraram com outra dinâmica e jogados 4 minutos empataram por Diogo, num remate forte sem chances para o guarda-redes.

A partida equilibrou-se, os lances de ataque sucederam numa e noutra baliza. Nélson aproveitou uma bola que sobrou e voltou a encher o pé e dar nova vantagem aos “tricolores”.

Porém Timbe, que havido sido lançado para o jogo, trouxe maior acutilância atacante ao Ferroviário, já no minuto 90 recebeu a bola, controlo-a, deixou um defesa para trás e na grande área chutou para o empate.

Confira os resultados da 1ª jornada:

Maxaquene 2-2 Ferroviário de Maputo

Clube de Chibuto 2-0 Ferroviário de Nacala

ENH Vilanculos 1-1 Ferroviário de Nampula

União Desportiva do Songo 2-0 1º de Maio de Quelimane

Costa do Sol 0-1 Liga Desportiva de Maputo

UP Lichinga 1-0 Chingale de Tete

Desportivo de Nacala 2-1 Ferroviário da Beira

Textáfrica 1-1 AD Macuacua

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!