Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique vai reintroduzir o ensino pré-escolar em 2014

O Ministro da Educação, Augusto Jone, disse nesta terça-feira, no município de Gondola, província central de Manica, que a instituição que dirige está numa fase avançada de reintrodução da educação pré-escolar em Moçambique. A reintrodução deste tipo de educação vai arrancar, numa fase piloto, em 2014.

A educação pré-escolar faz parte do Plano Estratégico da Educação 2012-2016 e o governo acredita ser uma das formas de melhorar a qualidade de ensino, que deteriorou nos últimos anos, particularmente no ensino primário onde muitos alunos têm dificuldades de ler e fazer cálculos básicos.

Falando na abertura do Conselho Coordenador 2013 do Ministério da Educação (MINED), que decorre sob o lema “ Vamos aprender! Construindo competências para um Moçambique em constante desenvolvimento”, Jone indicou que este ensino será lançado próximo ano, ainda numa fase piloto, envolvendo entre sete e oito distritos.

“Neste momento, foi lançado o concurso e já estão sendo seleccionados os operadores. Em tempo oportuno iremos dizer as províncias que ganharam o concurso para iniciarmos esse modelo de ensino pré-escolar”, disse o governante.

Ele explicou que serão seleccionados entre sete e oito distritos, sendo o critério principal a identificação daqueles pontos com problemas de aprendizagem articulados com as necessidades da população local.

A educação pré-escolar já vigorou e de forma obrigatória no país, tendo depois sido abolida com a mudança de Sistema Nacional de Educação (SNE). Actualmente, este tipo de educação não é mais obrigatório, sendo dominado por privados e funciona de forma não coordenada com o SNE.

Com o novo modelo, o Governo pretende uma maior participação comunitária na condução dessas iniciativas, num processo monitorado pelo Estado.

“Nós queremos fazer com que a pré-escola tenha um carácter urbano e também rural. Sabemos que nos distritos existem diferentes formas de ensino pré-escolar”, disse o Ministro, referindo – se claramente a educação prestada nos locais onde as “mamãs deixam as crianças quando vão as suas machambas ou serviço”.

“Em tempo oportuno iremos dizer as províncias que ganharam o concurso para iniciarmos esse modelo de ensino pré-escolar, que já existe, particularmente, ao nível do ensino privado”, anotou o titular da pasta da educação.

Dentre várias matérias, o presente Conselho Coordenador vai fazer o balanço do Plano Económico e Social (PES) do sector de 2012, bem como o do primeiro semestre deste ano e produzir a proposta do PES e o respectivo orçamento para o próximo ano.

Além disso, o encontro vai analisar o desempenho do sector no tocante ao cumprimento das Metas do Desenvolvimento do Milénio; a estratégia de reorganização do ensino para jovens e adultos no curso nocturno; os progressos da rede escolar; as construções escolares; entre outros aspectos.

O encontro, que termina próximo Sábado, conta com a participação dos membros do Conselho Consultivo e quadros do MINED ao nível central e provincial.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!