Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique tem uma dívida pública de 6.8 biliões de dólares

Moçambique possui actualmente uma dívida pública avaliada em cerca de 6.8 biliões de dólares norte americanos. Deste montante, 5.8 biliões de dólares são referentes à dívida externa e 994 milhões à interna.

O ministro das Finanças, Manuel Chang, que deu essa informação esta quinta-feira (06) à Assembleia da República, em resposta às perguntas das bancadas parlamentares do Movimento Democrático de Moçambique (MDM) e da Renamo, que pretendiam obter esclarecimentos em torno da política de endividamento do país, diz que a dívida continua sustentável.

O governante, na ocasião, indicou também os principais credores, nomeadamente o Banco Mundial, o Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), o Banco Europeu de Investimento (BEI), o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA). Fazem também parte de principais credores o Japão, a China, a Índia, a França, Portugal, Brasil e Alemanha.

Referiu ainda o timoneiro das Finanças que “o stock da dívida pública externa é constituído, maioritariamente, por créditos concessionais de longo prazo com períodos de maturidade (período durante o qual será reembolsado o empréstimo e os respectivos juros) que variam entre 20 e 50 anos, e períodos de graça entre 5 a 10 anos e a taxa de juro situa-se entre 0 e 1.5 porcento para os credores bilaterais e multilaterais, respectivamente”.

Relativamente à dívida interna, a maturidade varia entre 3 a 7 anos, a taxas de juros variáveis. Moçambique, segundo o ministro, tem de contrair mais crédito para responder à necessidade de implementar mais investimentos e infra-estruturas de crescimento e desenvolvimento económico.

Os indicadores de sustentabilidade da dívida, explica, mostram que o país, desde 2010, não tem ultrapassado os limites estabelecidos para o endividamento. “(…) a dívida pública de Moçambique continua sustentável”, garante o ministro.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!