Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique sofre maior goleada do Mundial de Futsal diante do Brasil

Moçambique sofre maior goleada do Mundial de Futsal diante do Brasil

Foto da FIFAA selecção de Moçambique despediu-se do seu primeiro Campeonato do Mundo de Futsal sofrendo do Brasil, o campeão em título, a maior goleada do torneio que decorre na Colômbia, 15 a 3. Mário, Magu e Dino fizeram os golos de honra da nossa selecção que não foram suficientes para estragar a festa do brasileiro Falcão que, com um “hat-trick”, tornou-se no maior goleador de sempre de Mundiais com 45 golos.

Quando a nossa selecção entrou para a quadra do Coliseo el Pueblo, na cidade colombiana de Cali, não tinha ilusões de outro resultado que não fosse uma derrota, a dúvida era por que números.

Os brasileiros precisaram de apenas 44 segundos para visarem a baliza de Nelson, por Rodrigo, e com menos de 2 minutos jogados Xuxa aumentou o placar. Rodrigo e Xuxa bisaram, assim como Dieguinho, e o Brasil chegou aos 6 a 0 antes de Mário transformar em golo uma grande penalidade e reduzir a desvantagem.

Todavia Jackson e Fernandinho voltaram a acertar nas redes de Nélson que até não fez uma má partida, e a selecção brasileira saiu para o intervalo a vencer por 8 a 1.

O técnico brasileiro rodou os seus jogadores, chegando mesmo a colocar na quadra o seu terceiro guarda-redes, e Moçambique reduziu para 8 a 2 por Magu, na sequência de uma boa troca de passes.

Fernandinho e Ari fizeram o 10 a 2, antes de Falcão de penálti igualar o recorde de golos em Mundiais que durava a mais de uma década e pertencia ao seu compatriota Manoel Tobias. Com pouco mais de 3 minutos para o final o craque brasileiro recebeu na entrada da área e venceu o guarda-redes Nelson, marcando o seu 44º golo.

O nosso capitão Dino, entrou pela área brasileira e ao segundo remate fez o terceiro golo para Moçambique, foi a primeira vez que o Brasil sofreu mais de dois golos num jogo no Mundial da Colômbia. No entanto, Falcão selou a vitória por 15 a 3 e escreveu mais um capítulo da sua história no futsal.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!