Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

ADVERTISEMENT

Moçambique incapaz de vencer Seychelles está fora da Taça Cosafa

Moçambique incapaz de vencer Seychelles está fora da Taça Cosafa

Foto da COSAFAA selecção nacional de Moçambique foi incapaz de vencer as Ilhas Seychelles, nesta terça-feira (28), em jogo da 2ª jornada da Taça Cosafa, e não vai conseguir o apuramento para a fase seguinte do torneio regional que está a ser disputado na África do Sul.

Após a derrota na estreia, diante da Namíbia, os “Mambas” precisavam de vencer as duas partidas que ainda tinham por disputar no Grupo B e aguardar deslizes dos adversários directos e até criou a primeira jogada de perigo no estádio Rei Zwelithini, em Durban, com um cabeceamento que passou perto do travessão de Ah-Kong.

As mudanças que Abel Xavier fez no onze inicial, comparativamente ao jogo da estreia, davam alguma profundidade ao ataque, particularmente pelo flanco direito por Ifren, mas faltou alguma agressividade a Ratifo no ataque final à baliza.

A 2ª parte abriu com uma remate do meio campo do camisola 19 de Moçambique, apanhou desprevenido o guarda-redes ilhéu mas a bola beijou o travessão e demorou a reagir Maninho para a recarga.

Maninho voltou a ter a oportunidade de chegar ao golo, quando no minuto 54 recebeu um passe açucarado de Witiness, mas cabeceou mal e o esférico chegou sem força às mãos de Ah-Kong.

Kamo-Kamo, eleito melhor da partida, também serviu milimetricamente Ratifo que cabeceou para as nuvens.

As Ilhas Seychelles, que deixaram a iniciativa do jogo aos moçambicanos, mostraram boa organização e que não são a mesma equipa a quem os “Mambas” goleavam no passado. No minuto 77 até chegou a introduzir a bola na baliza de Guambe mas foi assinalado fora de jogo a Perry Monnaie.

Já em tempo de compensação Ernesto fletiu para a meia lua e rematou forte e colocado, mas a bola passou ao lado da baliza das Seychelles.

Com este nulo Moçambique soma apenas 1 ponto e amarga o penúltimo lugar Grupo B sem chances de apuramento para os quartos-de-final.

Aliás o Malawi, que a nossa selecção enfrenta na quinta-feira (30), assegurou esse lugar, apura-se apenas o 1º de cada grupo, ao derrotar ainda nesta terça-feira (28) a Namíbia por 1-2.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

error: Content is protected !!