Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique garante certificação de pescado nacional

Moçambique já garantiu a certificação do pescado nacional para que, ao chegar ao mercado internacional, continue a merecer confiança do ponto de vista sanitário, legalidade e outros itens requeridos pelo exigente mercado ocidental.

A União Europeia emitiu recentemente um novo regulamento que defende somente a entrada dos produtos certificados. Segundo autoridades pesqueiras do País, essa medida só veio reforçar a tendência organizativa do sector, que nos últimos anos tem mantido grande rigor na inspecção.

O director nacional adjunto da Administração Pesqueira, Manuel Castiano, disse que o certificado de legalidade das capturas é um documento a ser emitido pelo País de nacionalidade do barco e Moçambique tem o controlo de todas as empresas, bem como das respectivas embarcações, para que o pescado nacional continue a constar da lista dos países mais privilegiados no mercado internacional.

Refira-se que a Cidade da Beira acolheu semana passada um encontro nacional envolvendo técnicos da Administração Pesqueira e industriais de processamento do pescado, sobretudo os exportadores para a União Europeia, que serviu de preparativo para o início de uma nova etapa comercial.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!