Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique enfrenta Gana, Ruanda e Maurícias na qualificação para o CAN de 2017

A selecção nacional de futebol de Moçambique vai enfrentar os combinados nacionais do Gana, do Ruanda e das Maurícias nas eliminatórias para o Campeonato Africano das Nações (CAN) em futebol de 2017 que vai ser disputado no Gabão.

Os “Mambas”, que para chegaram ao CAN têm de vencer o grupo H ou classificarem-se como o melhor segundo dos 13 grupos de qualificação, começam a qualificação recebendo o Ruanda, entre 12 e 14 de Junho deste ano, uma selecção que embora esteja bem cotada no ranking da FIFA (ocupa a posição 64, contra a 86 de Moçambique), é perfeitamente acessível à equipa de João Chissano.

Moçambique depois joga com as Maurícias, claramente a selecção mais fraca do grupo, entre os dias 4 e 6 de Setembro do corrente ano e termina a 1ª volta a enfrentar o Gana, como visitante, entre os dias 23 e 26 de Março de 2016.

A selecção do Gana, vice-campeão do CAN 2015, quatro vezes campeão africano e com três participações em fases finais do “Mundial” de futebol, é, teoricamente, o adversário mais temível da nossa selecção.

O sorteio, realizado nesta quarta-feira, ditou os seguintes 13 grupos:

Grupo A – Tunísia, Togo, Libéria, Djibouti

Grupo B – RD Congo, Angola, República Centro-Africana, Madagáscar

Grupo C – Mali, Guiné Equatorial, Benin e Sudão do Sul

Grupo D – Burkina Faso, Uganda, Botswana e Comores

Grupo E – Zâmbia, Congo, Quénia e Guiné-Bissau

Grupo F – Cabo Verde, Marrocos, Líbia e São Tomé e Príncipe

Grupo G – Nigéria, Egipto, Tanzânia e Chade

Grupo H – Gana, Moçambique, Ruanda e Maurícias

Grupo I – Costa do Marfim, Sudão, Serra Leoa e Gabão

Grupo J – Argélia, Etiópia, Lesoto e Seychelles

Grupo K – Senegal, Níger, Namíbia e Burundi

Grupo L – Guiné-Conacri, Malawi, Zimbabwe e Suazilândia

Grupo M – Camarões, África do Sul, Gâmbia e Mauritânia

O Gabão participa nas eliminatórias mas já está apurado como país anfitrião, eleito pelo comité executivo da Confederação Africana de Futebol (CAF), deixando para trás as candidaturas da Argélia e do Gana. O Gabão substituiu a Líbia, devastada por uma guerra, que se retirou no ano passado da disputa por devido ao conflito que assola o país. Será a segunda vez que o país recebe a competição, após co-sediar o torneio de 2012 juntamente com a Guiné Equatorial.

A CAF também escolheu as sedes para os Campeonato Africano das Nações de 2019, será nos Camarões, de 2021 será organizado pela Costa do Marfim, e em 2023 sediado pela Guiné Conacri.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!