Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique empata no Níger e não há milagre que nos apure para o CAN 2015

Moçambique empata no Níger e não há milagre que nos apure para o CAN 2015

Para apurar-se para o Campeonato Africano das Nações (CAN) de 2015 a selecção nacional de futebol de Moçambique precisava de vencer o Níger e depois esperar um milagre para ser repescada como uma das três melhores selecções classificadas em todos os grupos de apuramento. Contudo, nesta quarta-feira(19) em Niamey, os “mambas” empataram a uma bola, grande golo de Diogo após trabalho de Dominguêz e remate ao poste de Isac, e não há matemática que apure a nossa selecção para o CAN que vai ser disputado na Guiné-Equatorial.

A procura de uma vitória, para depois esperar pelo milagre, Moçambique entrou para o estádio estádio Général S. k, em Niamey, com uma equipa diferente do jogo anterior contra a Zâmbia, Isac e Reginaldo foram as novidades e, face a ausência do capitão Dário Khan, Zainadine Júnior fez parelha com Mexer no centro da defesa e Kito fez a posição de lateral direito.

Assim que soou o apito inicial os “Mambas” tomaram a iniciativa do jogo, mas apesar do domínio da posse de bola a primeira jogada de algum perigo só aconteceu à passagem do minuto 19. Depois de receber um passe de Josemar, Dominguez, dentro da grande área, passou por dois contrários e rematou forte para uma excelente defesa de Kassaly Daouda.

A selecção anfitriã que jogou sem a sua principal estrela, o avançado Maazou, também não se mostrava com vontade de atacar só aos 26 minutos criou algum perigo para Ricardo, quando Momed Ali, do meio da rua, rematou forte mas por cima da barra.

A bola continuava mais tempo com os moçambicanos que contudo não tinham arte para criar jogadas atacantes.

Já perto do intervalo, depois de uma excelente triangulação com Isac, Dominguez com um passe magistral colocou a bola nos pés de Josemar que, dentro da grande área, rematou fraco para mais uma defesa atenta de Kassaly Daouda.

Na resposta Cisse, a meio do meio campo, armou um portentoso remate mas Ricardo estava seguro e defendeu.

Yacouba Moctar, o carrasco

Depois do intervalo, já com poucas chances de apuramento pois noutros grupos o milagre esperado não se consumou, Moçambique veio para o tudo ou nada. Reginaldo deu o primeiro aviso, flectiu da esquerda para o centro do relvado e rematou para uma defesa segura de Kassaly Daouda.

Depois foi Dominguez a livrar-se de dois nigerinos e cruzar para a marca da grande penalidade onde Diogo que, sem oposição, rematou forte para uma grande defesa de Kassaly Daouda.

Até que no minuto 70 o “puto maravilha” ganhou a bola no centro, rasgou a defesa nigerina com um passe pelo buraco da agulha para Isac que arrancou para a baliza e rematou forte mas acertou no poste, a bola sobrou para Diogo que na passada chutou para o fundo das malhas de Kassaly Daouda.

Sem nada a perder o Níger veio para o ataque, primeiro foi Mamadou que do meio da rua chutou forte para uma defesa a dois tempos de Ricardo Campos.

Depois, no minuto 83, Soley também descobriu o buraco da agulha por onde colocou a bola em Yacouba que apareceu sozinho na cara de Ricardo Campos e escolheu o canto da baliza onde queria colocar o esférico, estava feito o empate.

Yacouba Moctar, avançado de 20 anos, é sem dúvidas o carrasco de Moçambique, já havia marcado o golo do empate na primeira volta em Maputo e voltou a sentenciar o jogo que deixou a nossa selecção como terceira classificada do grupo F com apenas 6, atrás de Cabo Verde (com 12 pontos) e da Zâmbia (com 11 pontos), que em casa venceram os “Tubarões Azuis” pela marca mínima.

Diogo ainda voltou a acertar no poste esquerdo de Kassaly Daouda, após receber um passe de Maninho, mas estava consumada a ausência de Moçambique entre a fina flor do futebol africano.

Estão apuradas para o CAN de 2015, que vai disputado entre os dias 17 de Janeiro e 8 de Fevereiro, as seguintes selecções: Guiné-Equatorial(país organizador), Cabo Verde, Argélia, Tunísia, Camarões, Gabão, África do Sul, Zâmbia, Burkina Faso, Senegal, Costa do Marfim, Gana, Guiné-Conacri, Congo, Mali, e República Democrática do Congo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!