Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique e China em negociações sobre produção do algodão transgénico

Até finais de Novembro de 2012, Moçambique e China deverão concluir a ronda de negociações sobre a produção do algodão transgénico, técnica laboratorial considerada como a que menos desagrada o ambiente e mais resistente a pragas.

Para o efeito, uma delegação de técnicos do Instituto de Algodão de Moçambique (IAM) e do Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM) desloca-se em Novembro próximo àquele país asiático, a fim de concluir as negociações e arrancar-se com os respectivos ensaios, numa primeira fase no distrito de Morrumbala, província da Zambézia.

Esta técnica está sendo implementada em 57 países, envolvendo mais de 14 milhões de agricultores em campos de ensaios agrícolas estimados em cerca de 134 milhões de hectares desde 2009, de acordo com o Instituto do Algodão de Moçambique.

O mercado global da venda dos produtos transgénicos é avaliado em cerca de 9,2 biliões de dólares norte-americanos.

De referir que projecções do IAM indicam que, até finais de 2013, Moçambique deverá encaixar cerca de 47,5 milhões de dólares norte-americanos, contra cerca de USD 43,2 milhões de receitas a serem conse- guidas até finais de 2012.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!