Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Moçambique deve 295 milhões de dólares à Líbia, Iraque, Angola, Bulgária, Polónia e ao Brasil

mef-dividaexterna-atrasada-web

Em 2019 o stock da Dívida Pública Externa de Moçambique subiu para 599,5 biliões de meticais (equivalente a 9,9 biliões de dólares), de acordo com o Ministério da Economia e Finanças que assinala a existência 295 milhões de dólares de amortizações atrasadas à Líbia, Iraque, Angola, Bulgária e Polónia e ao Brasil.

O Relatório Anual da Dívida Pública assinala que no ano passado “o stock da Dívida Pública Externa foi de 9,9 biliões de dólares norte-americanos (equivalente a 599,5 biliões de meticais), sendo que 44 por cento é referente a credores multilaterais (4,4 biliões de dólares) e 56 por cento a credores bilaterais (5,5 biliões de dólares). Em comparação com o período homólogo de 2018, o Stock da Dívida Externa Pública aumentou em cerca de 0,5 por cento, devido ao baixo nível de crescimento do stock da dívida dos credores bilaterais (0,2 por cento)”.

Deste montante Moçambique tem em atraso 295,3 milhões de dólares no final de 2019,” que inclui pagamentos atrasados à cinco credores bilaterais (Líbia, Iraque, Angola, Bulgária e Polónia), no valor de 243.43 milhões de dólares e 52 milhões de dólares ao Brasil relativos a um empréstimo de 125 milhões de dólares garantido pelo Estado e contraído pela empresa pública Aeroportos de Moçambique, pelo qual a garantia foi accionada. De referir que, o Governo continua em negociação com os credores bilaterais acima referidos com vista ao alcance de uma solução para as referidas dívidas”.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!