Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambique acolhe exercícios militares da CPLP

Moçambique acolhe, na próxima semana, os Exercícios Militares da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa – CPLP, denominados FELINO-2009. Segundo a Comissão Organizadora, no Estado Maior General das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM), o acto vai decorrer na Escola de Sargentos ‘General Alberto Chipande’, no Distrito de Boane, Província do Maputo, Sul do país, de 24 a 29 de Agosto corrente.

Durante o evento, os militares da CPLP efectuarão exercícios de Postos de Comando, segundo refere a Comissão Organizadora em comunicado de imprensa hoje recebido pela AIM.  Estes exercícios, que se realizam anualmente desde o ano de 2000, em regime rotativo, têm por objectivo treinar as Forças Armadas da CPLP, o planeamento, a conduta e o controlo de operações de Apoio à Paz e de Ajuda Humanitária, dando uma resposta eficaz a uma situação específica de crise. Participam no FELINO -2009, agora na sua décima edição, Moçambique, Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor- Leste.

Nos dois primeiros anos, os exercícios decorreram em Portugal, e os de 2002, no Brasil. Moçambique acolheu estas operações em 2003. Em 2004, o palco foi Angola. Cabo Verde organizou os exercícios de 2005. Coube ao Brasil e São Tomé e Príncipe a organização das edições 2006 e 2007 respectivamente, tendo Portugal voltado a acolher os exercícios de 2008. Os FELINO – 2010 terão lugar em Angola, e Guiné-Bissau vai hospedar estes exercícios, em 2011.

Neste evento, Moçambique, como país organizador, terá mais de 60 militares entre oficiais, sargentos, praças e pessoal civil. O Comando e o Estado Maior da Força, uma tarefa conjunta e combinada, serão encabeçados pelo Capitão-defragata Fuzileiro, Anselmo Simone, oficial superior das Forças Armadas de Defesa de Moçambique.

O Chefe da delegação de Portugal, o Capitão de Mar-e-Guerra, Joaquim Nobre, o último a organizar o exercício, irá fazer a entrega do Livro das Actas do FELINO – 2008, ao chefe da delegação moçambicana, o Capitão de Mar-e-Guerra, o Fuzileiro, Joaquim Rivas Mangrasse.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!