Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Moçambicanos pedalaram forte na Suazilândia

O Clube de Ciclismo de Moçambique teve uma participação honrosa nas provas de Dups, na Suazilândia. A prova contou com três distâncias, 80, 50 e 20 quilómetros, respectivamente. Yazid Akuji, a esperança do ciclismo moçambicano, bateu a concorrência na prova dos 20’. Nos 80’ António Fonseca chegou ao pódio, com um brilhante terceiro lugar.

 

A prova contou com 175 participantes. Porém, o Clube de Ciclismo de Moçambique foi representado por seis atletas. Nos 80’ o Clube colocou cinco ciclistas no top 10 da prova. Ou seja, para além de António Fonseca (3o); o Clube ocupou a quarta, quinta e oitava posição, com Mário Traversi, Patrick Veríssimo e Carlos Sales, respectivamente. O único contratempo foi o abandono do ciclista Vicente Mafumo que teve problemas mecânicos. A prova, refira-se, foi vencida pelo sul-africano Calvin Louw.

Reis em veteranos

Na categoria dos veteranos (40-49 anos de idade) na mesma prova, o Clube levo 1º e 2º lugar. O sprint final foi duramente disputado até aos metros finais. Mas Antonio Fonseca acabou por deixar atrás a concorrência. O Yazid Akuji, refira-se, é filho do falecido Imran Akuji, primeiro presidente da Federação de Ciclismo de Moçambique e já ganhador da Copa Ciclismo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!