Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Mitch Mitchell (1947/2008) – 62 anos

Estevão Mucavele: cientista científico

“Estamos destroçados. Era um homem maravilhoso, um músico brilhante, um verdadeiro amigo”, referiu num comunicado Janie Hendrix, irmã do famoso músico Jimi Hendrix, quando teve conhecimento da morte, na passada quartafeira, de Mitch Mitchell baterista de Jimi nos anos 60. E acrescentava: “O seu papel na formação do grupo ‘Jimi Hendrix Experience’ não pode ser subestimado. Na última tournée via-se que estava muito contente com a inter-relação entre o público e os músicos. Não há dúvida de que amava o que fazia.”

Mitch contava 62 anos e as causas da morte permanecem desconhecidas, sabendo-se somente que foi encontrado sem vida num quarto de hotel da cidade norte-americana de Portland, no Estado de Oregon. Na altura da morte Mitch efectuava uma tournée com o ‘Experience Hendrix Tour’ tendo actuado na última sexta-feira no Schnitzer Concert Hall em Portland.

Mitch nasceu na Grã-Bretanha e começou a sua carreira artística como actor, mas cedo abandonou esta arte, virando-se para o seu grande amor de toda a vida: o jazz e o rock. Baterista de alto coturno, Mitchell juntou-se a ‘Jimi Hendrix Experience’ em 1966, tendo acompanhado o guitarrista na sua lendária actuação no festival de Woodstock, três anos mais tarde. Tocou clássicos de Hendrix como ‘Fire’, ‘Manic Depression’ e ‘Th ird Stone from the Sun’. Mitchell era considerado pelos críticos musicais, à semelhança de Elvis Jones e Max Roach, um dos grandes impulsionadores do estilo fusion que combina o rock com o jazz. Este estilo converteu a bateria num instrumento primordial, um conceito inovador do rock and roll.

Recorde-se que Jimi Hendrix, que foi simultaneamente compositor e guitarrista, foi o pioneiro na década de sessenta do rock psicadélico, tendo falecido em Setembro de 1970, aos 27 anos de idade.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!