Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Milhares protestam na Ucrânia contra reviravolta do governo sobre UE

Dezenas de milhares de ucranianos marcharam até ao gabinete do presidente Viktor Yanukovich, este domingo (24), reclamando de um afastamento da União Europeia e uma aproximação com a Rússia, nas maiores manifestações de rua dos últimos anos no país.

A polícia e um grupo de manifestantes entraram em confronto na frente da sede do governo, com uso de gás de pimenta e cacetetes, dias depois da surpreendente decisão do primeiro-ministro Mykola Azarov Yanukovich de abandonar um pacto comercial com a União Europeia.

Os líderes de oposição diziam à multidão por meio de megafones que começariam movimentos para derrubar o presidente a não ser que ele assine um importante acordo comercial com a UE a 29 de Novembro, como originalmente planeado.

A assinatura do acordo de associação era para ser a peça central de uma cúpula da UE na capital da Lituânia, Vilnius, na próxima sexta-feira, e marcaria uma mudança histórica para a Ucrânia, afastando-se da Rússia.

O Kremlin ameaçou com retaliação comercial, despertando temores de corte no fornecimentos de gás russo para a Ucrânia e através dela para o Ocidente.  Os líderes da oposição dizem que Yanukovich nunca teve a intenção de assinar o acordo em Vilnius e usou as longas negociações para ganhar tempo, enquanto acertava com a Rússia um acordo lucrativo que também possa lhe garantir a reeleição em 2015.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!