Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Menina paquistanesa que levou tiro do Taliban passa bem depois da operação

Uma estudante paquistanesa que foi submetida a uma cirurgia reconstrutiva na Grã-Bretanha depois de o Taliban ter disparado atingindo-lhe na sua cabeça disse, esta Segunda-feira (5), que se sente muito melhor e está concentrada na sua missão de ajudar os outros.

Uma equipe de médicos realizou, Sábado, uma operação de cinco horas à Malala Yousufzai, de 15 anos, para emendar partes do seu crânio com uma placa de titânio e ajudar a restaurar a sua audição do lado esquerdo com um implante cócleo.

Falando 24 horas depois de despertar da cirurgia no hospital Queen Elizabeth, em Birmingham, na Inglaterra, Malala disse que já estava a andar.

“Posso andar um pouquinho, posso falar e estou a me sentir melhor”, disse ela do seu leito do hospital num vídeo divulgado pelo hospital. “Acho que vou ficar melhor muito rápido, e não haverá problemas. Acontece que a minha missão é a mesma, ajudar as pessoas, e vou fazer isso”, disse.

Malala levou um tiro na cabeça à queima-roupa, em Outubro, do Taliban, por defender a educação para meninas, e foi levada à Grã-Bretanha para tratamento.

Os médicos do hospital disseram que ficaram impressionados com a sua recuperação até agora e estavam esperançosos de que ela receba alta em breve, descrevendo-a como focada e entusiasmada.

“Ela deveria estar a sentir pena de si mesma 24 horas depois de uma operação como aquela, não falando sobre ajudar outras pessoas”, disse Dave Rosser, director médico do hospital.

O ataque à menina aconteceu quando ela deixava a escola no vale de Swat, e provocou críticas internacionais. A menina tornou-se símbolo da resistência aos esforços do Taliban de negar educação às mulheres.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!