Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Membros da PDD impedidos de usar fontenários públicos

Nogueira Ómega, presidente da Comissão Política do Partido para Paz Democracia e Desenvolvimento (PDD) no distrito de Mogovolas, acusa membros da Frelimo de estarem a impedir os seus correlegionários de se servirem de fontanários públicos, sob a alegação de que foram construídos para beneficiarem exclusivamente os militantes do partido no poder.

A consubstanciar a denúncia, a revelou que em todos os fontanários foram colocadas pessoas para evitar que elementos de outros partidos possam beneficiar-se dos mesmos. De acordo com Ómega, esta tem sido, aliás, uma das mensagens repetidas nos comícios populares de algumas brigadas da campanha eleitoral da Frelimo.

E apontou um caso recente ocorrido no Posto Administrativo de Nanhupo Rio, onde o chefe da brigada provincial da Frelimo avisou publicamente que os bens existentes naquele distrito pertencem ao partido no poder e, portanto, nenhum membro da oposição tinha o direito de usufruí-los.

Entretanto, José Carlos Amade, chefe adjunto da brigada provincial da Frelimo naquele ponto da província, refuta todas as acusações. Não constitui verdade que isso esteja a acontecer porque o governo da Ferelimo trabalha para o bem de todo o povo moçambicano, sem qualquer espécie de discriminação. Afirmou Carlos Amade.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!