Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Membros da Comissão Permanente da Assembleia da República aderem a austeridade e abdicam de Mercedes

Os membros da Comissão Permanente da Assembleia da República (CPAR), o órgão executivo do parlamento moçambicano, prescindiram de receber novas viaturas de marca “Mercedes Benz”, como forma de contribuir para a contenção de gastos no país. Em função do seu estatuto protocolar, todos os 17 membros da CPAR deveriam receber igual número de viaturas daquela marca, em substituição das actuais de marca “Peugeot”.

“Decidimos continuar com as actuais viaturas, pois entendemos ser nosso dever contribuirmos para a contenção de gastos”, disse esta terça-feira, em Maputo, o deputado e membro da CPAR, Manuel Tomé, da bancada parlamentar da Frelimo, no final de mais uma sessão deste órgão.

Sem avançar quanto é que se vai poupar com esta medida, Tomé indicou que “não tenho custos, mas é real que os Peugeot são mais baratos, para além de que evitamos a importação de novas viaturas”.

O Governo adoptou, recentemente, a politica de contenção de gastos para fazer face ao elevado custo de vida no país, devido a actual conjuntura económica mundial.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!