Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Membros da Assembleia da Renamo demitem-se na Beira

A Renamo, o principal partido da oposição de Moçambique, perdeu quase metade de seus membros na Assembleia Municipal da Beira, que foi eleita em Novembro último.

Oito dos 17 membros da Renamo na Assembleia Municipal anunciaram a sua demissão do partido na quarta-feira, alegando que estavam a ser marginalizados pela liderança do partido, por ter perdido a confiança que havia depositado neles. No entanto, os demissionários tencionam manter os seus assentos na Assembleia. “Queríamos deixar bem claro que simplesmente renunciamos como membros da Renamo, mas continuaremos aqui a representar o povo”, vincou o seu portavoz, João Cazonda.

Segundo Cazonda, os dirigentes da Renamo perderam “confiança connosco, e nós decidimos renunciar a nossa qualidade de membros”. Por seu turno, o delegado da Renamo na Beira, Manuel Bissopo, disse ao “Notícias” que o referido grupo já o deveriam ter feito isso há muito tempo, pois as suas agendas sempre se manifestaram contrarias as da Renamo. “Todos estes são do MDM (movimento Democrático de Moçambique), eles não têm que reclamar, porque temos aqui muitos convites que fazemos para eles, no lugar de estarem connosco, mostramse ao serviço de outro partido”, explicou Bissopo.

Refira-se que os membros da Assembleia se forem forçados a demitirse, deverão ser substituídos pelos membros suplentes da lista de candidatura. Contudo, a lista da Renamo na Beira tinha apenas nove membros, razão pela qual este partido não pode ter certeza que todos sejam seus apoiantes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!