Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

MDM desilude na Mafalala

MDM desilude na Mafalala

Não correu nada bem a estreia do MDM (Movimento Democrático de Moçambique) em Maputo. O comício de sábado à tarde, no bairro da Mafalala, estava previsto ter como cabeça de cartaz o presidente do partido, Daviz Simango mas este acabou por não compareceu por razões de saúde disse ao @ VERDADE, Agostinho Ussore, um dos seus conselheiros políticos.

No campo de futebol da Mafalala não estiveram mais do que 100 pessoas, muito pouco para quem aspirava encher o recinto. Algumas bandeiras do Movimento, cujo símbolo é o Galo; o discurso de Barnabé Lucas Nkomo, um dos membros do partido e autor do livro “Urias Simango um homem uma causa”; e alguns simpatizantes que reclamavam com veemência a presença do líder; quebraram um pouco a monotonia geral. Nkomo referiu que a pobreza a que o povo moçambicano está actualmente votado deve-se só e exclusivamente à má governação da Frelimo.

“O governo tem sido cúmplice deste estado de coisas. Em cada eleição só muda o slogan. O MDM está com o povo moçambicano e a sua causa é a do povo de Moçambique.”

Em cima do camião, que serviu de palanque, estiveram ainda Lutero Simango, Agostinho Ussore , Osório Afonso e Borges Gada Cassucussa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!