Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Soldado norte-americano é condenado por urinar nos corpos de insurgentes no Afeganistão

O soldado norte-americano que urinou nos corpos de insurgentes do Taliban e posou para fotos declarou-se culpado das duas acusações perante um tribunal militar, afirmou a Marinha dos EUA, Quinta-feira (21).

A pena estabelecida foi uma redução de patente e a perda de 500 dólares do seu salário. O primeiro-sargento da tropa Joseph Chamblin declarou-se culpado numa corte marcial especial em Camp Lejeune, na Carolina do Norte, por descumprimento do seu dever por não ter supervisionado adequadamente os seus subordinados da tropa.

Ele também assumiu a culpa por ter indevidamente urinado nos combatentes inimigos mortos. O incidente ocorreu durante uma operação anti-insurgência na província de Helmand, no Afeganistão, em Julho de 2011.

Imagens de um vídeo trouxeram à luz o ocorrido, em Janeiro deste ano, quando foram postadas no YouTube e outros sites. O vídeo mostra quatro homens com roupas de combate, com estampa camuflada da Marinha, a urinarem em três cadáveres.

Um deles brincava dizendo: “Tenha um bom dia, amigo”. Ao mesmo tempo, outros faziam brincadeiras obscenas. Chamblin abriu mão de seu direito de ser julgado por um júri e declarou-se culpado das duas acusações diante de um juiz militar, informou um comunicado.

O juiz impôs uma pena que inclui 30 dias na prisão e uma multa de 2.000 dólares, porém devido a um acordo pré-julgamento, o sargento recebeu uma pena menor. A pena máxima sob o acordo foi uma redução da sua patente de sargento e a redução de 500 dólares no seu salário por um mês, segundo o comunicado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!